/ livinginyyc

Living in YYC: Lougheed House – Dica Cultural e histórica em Calgary por Patrícia S.

Hoje o meu post é uma dica cultural em Calgary: Lougheed House. Essa mansão transformada em museu fica no coração do bairro the Beltline e muito próxima do centro da cidade. Foi construída em 1891 e considerada um investimento imobiliário (o terreno estava em uma região “afastada” e que não fazia parte dos limites da cidade ainda!).

A mansão pertenceu ao Senador James Lougheed e sua esposa, Isabella Lougheed. Esse sobrenome é bem conhecido por aqui, pois um dos netos deles (Peter Lougheed) foi Premier da Província de Alberta entre 1971-1985. A casa possui o estilo vitoriano (que é raro em Calgary que conta com poucos prédios históricos preservados). Nesta mansão viveram o casal Lougheed, seis filhos e funcionários.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.01.24-AM

O museu abriu para o público em abril de 2005, mas um longo processo de restauração começou dez anos antes, em 1995. Isso só foi possível através de uma associação: The Lougheed House Conservation Society.

O objetivo é justamente preservar esse local que teve ativa importância na história de Calgary. Através de seus objetos e da casa em si, o local retrata como era a vida em Calgary naquela época.

A Lougheed House ainda é considerada uma das residências mais elegantes do Oeste canadense, e foi um grande ponto de encontro político e social de Calgary até 1938. Na época da construção, a população da pioneira cidade de Calgary não passava de 4mil habitantes, e os Lougheeds estavam entre as pessoas mais influentes da região.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.01.34-AM

Devido a todo esse status, a mansão recebeu convidados ilustres como o Duque e a Duquesa de Connaught (Príncipe Arthur) em 1912, e vários outros membros da família real nas duas décadas seguintes.

Também foram recebidos o governador geral do Canadá, General Lord Byng, e o Príncipe da Dinarmarca em 1928. No entanto, com a crise de 1929 os donos não conseguiram mais pagar os impostos da propriedade e em 1934 a cidade tomou posse da casa (foi permitido que a Lady Lougheed ficasse na mansão até seu falecimento em 1936).

Em 1938 um leilão foi realizado e quase todos os móveis originais foram vendidos. Após os esforços de restauração, muitos móveis foram recuperados, mas até hoje a administração do museu possui interesse em encontrar qualquer objeto que faça parte da história da casa.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.01.45-AM

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Lougheed House serviu como quartel para o Exército Feminino Canadense (CWACs). As mulheres moravam na casa, trabalhavam nos escritórios militares e dirigiam veículos militares.

Algum tempo depois, mas ainda durante a guerra, a Cruz Vermelha Canadense se estabeleceu no porão da casa. Quando a guerra terminou, a mansão tornou-se um dormitório para as mulheres que retornavam do serviço militar até que pudessem encontrar uma nova moradia ou pudessem voltar para seus lares originais.

Em 1947, a Cruz Vermelha alugou a casa que passou ser a sua sede em Calgary e do sul de Alberta.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.01.55-AM

Em 1977, o governo de Alberta designou a casa como local histórico. Em 1978 a Cruz Vermelha saiu do prédio que passou a pertencer oficialmente ao governo da província.

Em 1992 a mansão passou a ser um local histórico nacional e começaram os esforços de restauração não só da casa, mas também dos seus jardins. Além de ser um museu, a mansão abriga exposições culturais, eventos e possui um restaurante.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.11.42-AM

Os jardins são mantidos com ajuda de voluntários. E eu já tenho um post aqui explicando como o trabalho voluntário é valorizado no Canadá, então pessoal que mora em Calgary e gosta de jardinagem: aqui está um boa oportunidade.

Captura-de-Tela-2018-07-13-a-s-11.02.16-AM

Atualmente a mansão está aberta ao público de Quarta-feira a Sexta-feira entre 11:00h e 16:00h. Nos sábados e domingos entre 10:00 e 16:00h. Preço por adulto: $8.50 (CAD) e áudio tour incluído (recomendo!).

Há muito mais da casa que não está em fotos ou descrito aqui, então indico a visita e o site oficial para maiores informações e eventos especiais.

Até a próxima!


Captura-de-Tela-2018-05-10-a-s-10.44.51-AM

Você pode acessar o instagram da Pati aqui: @pat_experiences


Não deixem de curtir a página do blog no Facebook e no Instagram e de acompanhar o nosso canal lá no YouTube.

Por lá eu escrevo várias dicas sobre a cidade de Calgary, AB, Canadá, onde eu moro atualmente e outras dicas sobre o Canadá. E se você gostou desse post, não deixe de compartilhar.

E claro, não deixe de sugerir novos temas pro blog. Eu vou adorar conversar e escrever mais sobre o assunto que vocês queiram saber sobre a cidade de Calgary em geral.

Até o próximo!