De bem com a Vida

Thoughts, stories and ideas.

Imigrar para o Canadá como Estudante - como fazer?

Oioi people!

Muita gente tem me perguntado sobre as inúmeras maneiras de imigrar para o Canadá. A mais frenquente delas é sobre como vir estudar aqui.

Eu pesquisei bastante na internet pra não contar nenhuma bobagem pra vocês.

Existem várias empresas que prestam assessoria nesse tipo de assunto aí no Brasil mesmo. Mas cuidado pra não cair em buracos. Por isso, leia bastante e se informe.

Há um tempo atrás eu fiz um post sobre os primeiros passos para imigração, acho que antes de ler esse post aqui, é bem importante que você leia esse antes: Você quer imigrar? Minha opinião: Vontade/motivos e o Idioma.

E claro, uma coisa importante que muita gente esquece: as amizades, como ficam? Nesse outro post eu falei um pouco sobre isso também: Morar fora e manter as amizades.

Dito isso, tendo a certeza de que você quer mesmo imigrar, seja como residente permanente, seja como trabalhador ou como estudante, vamos lá!

Visto de Estudante

Importante contar aqui antes de tudo: depois de estudar e trabalhar no Canadá, você tem a chance de conseguir imigrar através do Canadian Experience Class Program.

Você pode obter esse visto se quiser estudar em uma Universidade, Faculdade ou qualquer outra instituição de ensino no Canadá por mais de 6 MESES! Isso é bem importante. Para intercâmbios de 6 meses apenas com a finalidade de estudar inglês, o visto de turista basta.

Primeiro: (e antes de tudo) Você precisa de dinheiro. Muito dinheiro pra vir estudar aqui no Canadá. Para que você consiga o visto de estudante, o Governo do Canadá exige que você comprove fundos no Brasil. O valor que eles exigem é o seguinte:

  • valor referente a 1 ano do programa estudantil que você escolheu + valor equivalente ao custo de viver ao longo de 1 ano por aqui + valor equivalente à passagem de volta de todos os membros da sua família que vierem junto. Ou seja, é bem caro: tenha isso em mente.

Segundo: Você precisa pesquisar e escolher uma escola, universidade ou faculdade aqui no Canadá. Entrar em contato com eles e enviar por correio as suas credenciais para que eles possam te aprovar. Cada escola tem o seu método, mas pelo que pesquisei, isso é comum entre todas.

Você deve aguardar a carta de aceitação pra poder apresentá-la como documento comprobatório na hora de solicitar o visto. Lembre-se: o Quebéc exige outras regras que o restante do Canadá e você pode olhar aqui algumas delas.

  • Importante salientar que, conforme expliquei no post que linkei acima, você precisa dominar o idioma se quiser estudar aqui. Acho que isso é bem auto-explicativo, né?

  • Você deve ter em mente se quer permanecer no Canadá após os estudos para depois optar por um programa que te dê essa condição.

Terceiro: Com a carta de aceite você deve dar entrada no pedido de estudante em algum Consulado no Canadá ou através de um escritório de vistos.

  • Observação importante: Se você pretende estudar e trabalhar no Canadá por um período e voltar para o Brasil depois, você mesmo consegue fazer todos os trâmites necessários pelo próprio site de imigração canadense, mesmo lugar onde se faz o visto para turista.

  • Minha dica: Se você pretende entrar com o pedido de residência permanente no país após os seus estudos, procure um advogado no Canadá e explique o que pretende fazer; OU você mesmo pode fazer a solicitação: e tudo pela internet. Não se esqueça de trazer todo e qualquer documento que esteja no Brasil, como por exemplo: diplomas de outras universidades brasileiras, certidão de nascimento ou casamento atualizadas, contrato de união estável (caso você venha com companheiro-a), documentos de contas bancárias, extratos e o que mais você achar necessário. E claro, nem preciso dizer que você tem que trazer os originais e as versões traduzidas né? Existem tradutores juramentados em todo o Brasil que fazem esse trabalho.


Para o visto, você vai precisar dos seguintes documentos:

  • Carta de aceite da Instituição de ensino que você escolheu;

  • Passaporte válido;

  • Extratos bancários comprovando que você possui fundos suficientes para a sua estada no Canadá.

  • Vão solicitar exames médicos e você precisa encontrar um médico que seja cadastrado pelo governo Canadense para tanto. Em Porto Alegre,RS, existe apenas um médico que é cadastrado no programa do Governo. A consulta para os exames gira em torno de R$300 e é só particular.

  • Certidão criminal, que você pode solicitar pela internet. Se você passou mais de 6 meses em algum outro país, também será solicitado certidão criminal. Um exemplo disso: Nos EUA, como foi meu caso, o FBI leva até 19 semanas pra te fornecer essa certidão e só pode ser solicitada e enviada via correio. Nada de internet.

  • Entrevista em algum Consulado. Pelo que vi, não é pra todos que eles exigem essa entrevista.


Quando o seu pedido for aprovado, você vai receber uma carta de apresentação confirmando a sua aprovação na escola/universidade/faculdade. Esse ainda NÃO é o seu visto de estudante.

Com esse documento em mãos, marque sua passagem, se despeça dos amigos queridos e da família e venha.

Quando chegar aqui, no aeroporto mesmo, você vai ser recebido por um funcionário da Agência de Serviços de Fronteira do Canadá e você deve mostrar pra ele todos os seus documentos (que eu listei acima). Ele vai te encaminhar para o setor de cuida disso.

Lá no aeroporto, você também deve solicitar o visto de residente temporário no Canadá, os brasileiros necessitam dele. Pelo que li, é recomendável que você solicite um visto de múltiplas entradas, para que possa entrar e sair do país quando precisar.

Ainda, se você vier com esposa/marido, esse tem autorização para trabalhar no Canadá. E isso é o grande diferencial de vir estudar aqui. Vocês precisam fazer a solicitação do Open Work Permit no site oficial de imigração (Nesse link você pode fazer a solicitação).

Esse é o visto que eu possuo aqui no Canadá enquanto aguardo o meu visto de residente permanente. Importante salientar que o procedimento é o mesmo: você vai receber uma carta do Governo Canadense e é com ela que se dirige no aeroporto ao setor de vistos. Lá você entrega tudo e em questão de 20, 30 minutos você sai de lá com o seu Work Permit.

Se você vem para outro lugar do Canadá que faça duas escalas não esqueça de contabilizar esse tempo nas escalas. Por exemplo: minha primeira parada no Canadá foi em Toronto, lá eu precisei entregar os documentos e receber meu visto, para depois partir para Calgary.

E claro, sempre vale lembrar: você pode ter o visto de estudos não concedido. Se os oficiais acharem que você está tentando fazer algo ilegal, ou apenas desconfiarem de você, eles negam mesmo e você volta pra casa.

Espero que tenha ajudado. Todas as informações para esse post foram retiradas do site do Governo Canadense e traduzidas para o português por mim, do Blog Canadá para Brasileiros e do site Canadá Let's Go.

Todos eles possuem outras informações bem completas sobre o assunto, eu apenas sintetizei para facilitar a leitura e acrescentei meus pontos pessoais.

Até a próximo post! E não deixe de curtir a página no Facebook, de seguir no Snapchat (marianabday) e no Instagram. Por lá eu escrevo várias dicas sobre a cidade de Calgary, AB, Canadá, onde eu moro atualmente, e outras dicas gerais e aleatórias sobre o Canadá. E claro, se você gostou desse post, não deixe de compartilhar.