/ Mães no Canadá

Viagem internacional com filhos - Projeto Mães no Canadá: Janeiro 2020

Quando a gente fala em viagem internacional aqui em casa, dois sentimentos vem sempre à tona: empolgação e desespero. Não é fácil controlar e entreter uma criança pequena em um ambiente fechado onde é necessário obedecer regras.

Eu já contei aqui sobre a nossa primeira viagem ao Brasil em 2018 - Beatrice tinha 6 meses de vida e eu dei várias dicas do que fazer em voos muito longos e algumas outras dicas úteis para essa viagem acontecer de uma maneira mais tranquila.

A questão é que a Beatrice está com 2 anos e meio e as coisas mudaram absurdamente. Começando pelo fato de que agora ela precisa pagar passagem integral pra poder utilizar um assento só pra ela. Confesso que dói no bolso - mas é um alívio gigantesco não ter que carregá-la no colo o tempo todo.

A última viagem internacional que fizemos com a Beatrice, ela ainda ia sentada no colo - 1 mês antes dela completar 2 anos. Fomos passar 10 dias entre Orlando e Miami, aproveitar o sol, os parques da Disney e da Universal e a praia! E é sobre essa viagem que quero contar para vocês hoje.

Nos programamos para passar trabalho com ela. Pra passar nervoso mesmo, como dizem meus amigos paulistas. Mas o fato é que a viagem em si foi uma grande surpresa positiva. Foi uma das viagens mais legais e divertidas que fizemos.

A Beatrice aproveitou muito! Eu até fiz uma retrospectiva dela contando lá no instagram - se você não me segue lá: não perde tempo! @marianadayblog

No primeiro dia dessa viagem - repito: PRIMEIRO DIA DE VIAGEM - Fomos para o Animal Kingdom na Disney, passamos um dia super legal, agradável e nos divertimos muito. Não achei que a Beatrice fosse gostar e aproveitar tanto.

Acontece que quando chegamos no hotel, Beatrice caiu um tombo da cama e bateu com o rosto no criado mudo, fazendo um corte bem profundo, uma lesão bem grave.

Pelas fotos vocês podem imaginar a gravidade. Pronto, foi o suficiente pra gente se desesperar, correr pra hospital e achar que a viagem tinha acabado antes de começar.

Quando vimos que ia ficar tudo bem (optamos pela cola cirúrgica ao invés dos pontos), decidimos continuar aproveitando. E foi assim que encaramos a viagem o tempo todo. Eu me ausentei das redes sociais, me foquei na minha família e nas nossas férias - e em cuidar da minha pequena que precisava de mim naquela hora.

Não deixamos de aproveitar nada, passeamos muito, levamos ela pra conhecer o parque do Harry Potter, compramos a varinha que ela queria, fizemos mágica, conhecemos a Hello Kitty, andamos em todos os brinquedos que poderíamos, fomos conhecer os crocodilos, fomos pra Miami, curtimos muito a comida cubana e a piscina e não deixamos a peteca cair.

Essa viagem internacional me marcou muito, pelo simples fato de não estarmos na segurança do nosso país - porque o Canadá é a nossa casa agora.

Em breve estamos indo ao Brasil depois de 2 anos visitar nossas famílias e vamos ver o que nos aguarda. Vou deixar aqui mais umas dicas pra vocês sobre essas viagens longas - mas agora com crianças maiores de 2 anos!

  • Se você puder pagar por uma passagem para seu filho: PAGUE. Melhor investimento que você poderá fazer. Vá feliz mesmo com o bolso apertado - prometo que vai valer cada segundo!
  • Seja prática: leve uma mochila e uma bolsa pequena - Coloque os itens mais necessários como fraldas, lenços e pomada (não esquece do trocador) na mochila. Seu filho provavelmente não vai caber no trocador do avião, você vai ter que trocá-lo no banco mesmo. Voos maiores - mais longos, possuem aviões maiores e banheiros NO MEIO DO AVIÃO que são maiores também. Eles ficam perto dos assentos preferenciais. Eles tem trocadores maiores e se a criança tá em potty training, leve-a para o banheiro e normalize a rotina deles. Criança precisa de rotina. E vai ser um entretenimento a mais.
  • Despache tudo que você puder. Leve o menor número de itens possíveis com você. Não esqueça que você vai ter que levar carrinho - que pode ser despachado na porta do avião sem custo nenhum.
  • Leve fone de ouvido específico para criança: não tem coisa mais inconveniente do que ter que ficar ouvindo os desenhos/filmes dos outros. Seu filho não está imune à essa regra de educação. Os aviões maiores tem opções de videos para crianças, então é uma opção a mais para mantê-los entretidos.
  • Leve o tablet (se você tem um, claro), papel e lápis de cor, os brinquedos que a criança mais gosta. No caso da Bibia são alguns ursinhos do paw patrol. Vai tudo na mochila embaixo do banco.
  • Converse com a criança e explique tudo que está acontecendo: sobre o aviso do cinto de segurança, sobre as luzes, sobre os choros no avião. Eles não vão conseguir controlar os impulsos porque são crianças. E o papel dos pais não é "calar a boca da criança", você pode se surpreender com o poder que o diálogo calmo e sincero pode ter.
  • Não esqueça de levar coisas básicas na mochila: termômetro, tylenol (menos de 100ml é permitido!), remédio para enjôo, muda de roupa, bateria extra para celular e tablet.
  • Tenha certeza de ter SEGURO DE VIAGEM. No nosso caso, nosso insurance canadense cobria qualquer custo fora do Canadá de urgência - se certifique que o seu cobre isso. Se não tivéssemos assegurados, teríamos que pagar 5 mil dólares americanos por 1h no hospital nos EUA quando Beatrice sofreu o acidente.
  • TENHA MUITA PACIÊNCIA.
  • NÃO TENHA VERGONHA DOS OLHARES DOS OUTROS, ENCARE DE VOLTA se for preciso. Não se envergonhe por algo que muitas vezes você não consegue controlar - como as birras sem motivo.  

______________________________________________________

O projeto Mães no Canadá teve início em 2018 e acontece todo o dia 20 de cada mês. Somos várias mães brasileiras falando sobre maternidade e a nossa visão sobre ela em diferentes cidades do Canadá.

Se você ainda não viu os outros posts do projeto, você consegue encontrar todos aqui. Tem muito conteúdo legal, divertido e informativo.

Vocês ainda podem acompanhar outras abordagens feitas por outras mães que fazem parte desse projeto junto comigo:

Gaby (Toronto, ON) - Gaby no Canadá

Carol (Vancouver, BC) - Fala Maluca

Beatriz (Vancouver, BC) - Biba Cria

Livi (Toronto, ON) - Baianos no Pólo Norte

Alessandra Schneider (Bathurst, NB) - Canadiando

Amanda (Richmond, BC) - Viva Canada

Dani (Toronto, ON) - Vidal Norte

Nayara (East Gwillimbury, ON) - My Family no Canada

Cassandra (Burnaby, BC) - Canada Br

Musa Magalhães (Toronto, ON) - MamãeMusa

________________

Não deixem de curtir a página do blog no Facebook e no Instagram.

Lá vocês podem encontrar muitas dicas sobre a cidade de Calgary, lifestyle e maternidade. E claro, através dos Stories do Instagram acompanhar o meu dia a dia na cidade, com muita informação útil, curiosidades e autenticidade.

Se você gostou desse post, não deixe de compartilhar com os amigos e a família, nas redes sociais.

Até o próximo!

Viagem internacional com filhos - Projeto Mães no Canadá: Janeiro 2020