/ Mães no Canadá

Maternidade e Vida Profissional - Projeto Mães no Canadá: Setembro de 2019

O tema desse mês caiu como uma luva, pois no início desse mês eu comecei a trabalhar em uma nova empresa após 1 ano trabalhando como Manager em uma Retail Store e 14 meses como mãe full time.

E hoje eu quero contar um pouco sobre como foi voltar ao mercado de trabalho, me reinserir fora da minha área de atuação e o que eu faço atualmente. Espero que esse post possa inspirar muitas de vocês a saírem de suas zonas de conforto e lutarem pelo que vocês desejam alcançar.

2016 - Quando eu engravidei da Beatrice eu trabalhava como babá e trabalhava 1x por semana em uma Fundação que cuidava de pessoas com HIV e estava em situação de risco. Depois de alguns anos atuando como advogada no Brasil, com o inglês que eu tinha e sem experiência nenhuma de absolutamente nada, era isso que eu conseguia fazer.

2017 - Beatrice nasceu em Junho desse ano e foi aí que eu descobri o meu trabalho nesse mundo: ser mãe desse ser que ilumina a minha vida (e me deixa de cabelo em pé também). Aqui em iniciei minha carreira de mãe full time. Foi o trabalho mais difícil que eu já exerci, o mais lindo, mais nobre sem dúvidas. Mas com certeza o mais cansativo e desgastante.  Foram 14 meses bem complicados pra mim, eu me sentia extremamente grata pela minha filha, mas não me sentia produtiva.

2018 - Em setembro de 2018 eu consegui meu primeiro emprego como vendedora em uma das maiores lojas de chocolates do Canadá e fui promovida em menos de 1 mês para ser Gerente da loja. Eu me senti tão bem e tão grata por isso. E vejam só: as minhas referências para esse trabalho foram os meus primeiros empregos: babá e auxiliar administrativo na Fundação.

Esse trabalho me tirou da minha zona de conforto, pelo simples fato de que eu não fazia ideia do que eu estava fazendo. Administrar um Escritório de Advocacia como Advogada era algo que eu fazia de olhos fechados. Agora, coordenar uma equipe grande de vendas, trabalhar com inventário de produtos, forecasting, ficar de plantão 24 horas por dia e 7 dias por semana, não era algo que eu estava familiarizada.

O mais difícil mesmo foi conseguir conciliar o meu novo trabalho, meu novo aprendizado constante, com a minha rotina de mãe. A Beatrice exigia muito mais de mim naquela época. Eu precisa estar com ela pra educar, ensinar, cuidar, proteger. Eu não queria perder 1 segundo do crescimento dela.

Mas ao mesmo tempo eu queria tanto crescer e aprender coisas novas. Eu fiquei 1 ano nessa empresa e me sinto muito grata pela incrível oportunidade que eu tive. Fiz grandes amigos por lá, conheci muita gente legal e aprendi muito.

Depois de um ano eu decidi tirar vários dias de folga, para compensar o trabalho duro que tivemos durante o último natal. Foi aí que eu percebi que precisava estar mais tempo em casa, me dedicar mais para o crescimento da Beatrice e me dedicar mais para eu mesma, voltar a estudar e investir tempo onde eu realmente quero estar.

Eu resolvi então que era hora de mudar, eu já tinha aprendido o que eu podia naquele emprego, com aquela gerência e com aquele modelo de negócios.

2019 - Em 2019 eu decidi que iria ter mais tempo pra minha família e pra mim. Decidi então buscar por empresas locais em Calgary, que estavam em crescimento e eu poderia fazer parte de algo em desenvolvimento e ainda assim estudar e me dedicar mais para as coisas que eu acredito.

Foi então que no início do mês de Setembro eu comecei no meu novo emprego: não mais em uma loja, mas no Head Office de uma das maiores empresas de Cupcakes, bolos e cookies do Canadá. Eu trabalho 3x por semana hoje, tenho um escritório em um co-working na cidade (Eu sempre mostro um pouco lá nos stories) e to amando aprender - de novo - coisas novas.

O time que eu trabalho é composto apenas por mulheres agora, é um ambiente extremamente divertido e dinâmico. Um dia na semana todo mundo para para ir fazer aula de yoga, no outro fazemos meditação. Todo mundo do meu time. Eu tenho me sentindo super bem acolhida por todos.

E claro, meu tempo com a Beatrice tem sido muito produtivo. Conseguimos de fato aproveitar muito mais.

Acho que voltar ao mercado de trabalho, foi um divisor de águas na minha maneira de maternar, me tornar mais produtiva, exercendo tudo que eu já aprendi uma vida inteira, tem me feito uma mulher mais feliz e realizada a cada dia, sem rancor ou remorso de ter que dividir o meu tempo entre a minha filha/família e eu mesma.

__________________________________________________________

O projeto Mães no Canadá teve início em 2018 e acontece todo o dia 20 de cada mês. Somos várias mães brasileiras falando sobre maternidade e a nossa visão sobre ela em diferentes cidades do Canadá.

Se você ainda não viu os outros posts do projeto, você consegue encontrá-los através da barra de pesquisa ou nas abas da página inicial do blog. Tem muito conteúdo legal, divertido e informativo.

Vocês ainda podem acompanhar as outras abordagens feitas pelas outras mamães que fazem parte desse projeto junto comigo:

Gaby (Toronto, ON) - Gaby no Canadá
Carol (Vancouver, BC) - Fala Maluca
Beatriz (Vancouver, BC) - Biba Cria
Livi (Toronto, ON) - Baianos no Pólo Norte
Alessandra Schneider (Bathurst, NB) - Canadiando
Amanda (Richmond, BC) - Viva Canada
Dani (Toronto, ON) - Vidal Norte

________________

Não deixem de curtir a página do blog no Facebook e no Instagram.

Lá vocês podem encontrar muitas dicas sobre a cidade de Calgary, lifestyle e maternidade. E claro, através dos Stories do Instagram acompanhar o meu dia a dia na cidade, com muita informação útil, curiosidades e autenticidade.

Se você gostou desse post, não deixe de compartilhar com os amigos e a família, nas redes sociais e no WhatsApp.

Até o próximo!

Maternidade e Vida Profissional - Projeto Mães no Canadá: Setembro de 2019